Posse na Academia Poética Brasileira

Discurso de

Cirlei Fajardo

Poeta, escritora Cirlei Fajardo empossada na Cadeira de número 013, da Academia Poética Brasileira. Seja bem-vinda. Na foto, acima, com a poeta e confreira Luciah Lopez e Mhario Lincoln. abaixo, entre os poetas José Salim Junior e João Batista do Lago.

Superação o real valor desta palavra...

Há algum tempo esta palavra tem acompanhado os meus passos ao longo do caminho e creio que ela ainda será minha companheira enquanto o ar passear por todos os meus poros e a luz iluminar o verde destas janelas donde contemplo os milagres divinos que fazem parte da minha história e existência.
Pessoas adentram e comigo escrevem linhas e entrelinhas que compõem o livro vivo e volumoso do qual somos fragmentos e compomos um belo quebra cabeças que vai sendo acrescido de mais uma peça à cada dia das nossas vidas... reescrevendo sonhos... esperança... impulsionando nossos passos adiante... levando-nos em belíssimos voos para muito além de uma realidade que poderia ser fria e até mesmo cruel mas que nos dá alento e força para sempre buscar e levantar uma bandeira onde há amor... respeito... solicitude... e onde podemos compor cada nota da sinfonia que somos.
Gratidão Academia Poética Brasileira na pessoa de seu presidente Mhario Lincoln da vice presidente Clevane Pessoa e de cada confrade e confreira com quem hoje divido a grata oportunidade de participar e me assentar na cadeira de número 13 e de ser patroneada pela poeta Florbela Espanca nesse momento especialíssimo e único.
Tão importante por diversos motivos e sempre alavancado nesta jornada, onde a persistência é fator primordial, onde a voz de uma mulher necessita ser ouvida com igualdade e à frente do seu tempo sem nenhum receio de parecer petulante ou revolucionária.
Falar de amor... de fé... de amizade... escrever cada linha sem estar presa única e exclusivamente em papel de qualquer espécie mas utilizar as ferramentas que tenho em minhas mãos que transpõem todas as fronteiras levando as mensagens aos seus destinatários no tempo certo de cada uma.
Sou grata a cada uma das minhas oportunidades porque cada uma delas é lição que aprendo e algumas refaço ao longo do meu aprendizado e a todas as pessoas que me ensinam e partilham comigo o livro da vida.
Gratidão!

Cirlei Fajardo


28 de setembro de 2018

Curitiba - Paraná - Sul do Brasil.

Sede: Curitiba - Paraná

Envie seus trabalhos para mhariolincolnfs@gmail.com